Como segmentar o mailing de forma eficaz para garantir o sucesso das suas ações?

O e-mail marketing é umas das melhores ferramentas para serem usadas dentro do marketing digital. É de custo baixo, eficaz e ótimo para se relacionar com sua base de contatos de forma pessoal e direta.

Porém, para se usar apenas o lado bom do e-mail marketing, é necessário saber definir corretamente o seu público-alvo. Para que você não corra o risco de enviar um conteúdo que não seja interessante para aquele determinado público. A fim de que isso não ocorra, é necessário segmentar a lista de mailing corretamente, garantindo que cada grupo receba o conteúdo que realmente lhes interessa.

Fazer a definição de público-alvo errada, apenas irá lotar a caixa de mensagem, fazendo com que a sua empresa seja mal vista e assim perdendo clientes e prospects.

É essencial definir o seu objetivo para escolher os critérios de segmentação, antecipar os resultados e direcionar os calls to action de cada mensagem.

Depois desta etapa concluída, você deve escolher quais serão os critérios de segmentação. Pode ser pela idade, sexo, renda, ocupação, área de interesse, tipo de relação com a empresa (clientes, fornecedores, imprensa), localização geográfica ou padrão de compras anteriores.

Coletar dados dos seus clientes é um outro ponto importante. Isso pode ser feito, por exemplo, no momento em que eles estão preenchendo alguma ficha cadastral. Assim é possível separar o grupo que pertencem.

Será necessário sempre estar acompanhando as respostas dos e-mails cadastrados após cada campanha. quem abriu a mensagem, quem clicou no link, quem seguiu o call to action e quais as atualizações de cada um.

Feito tudo isso, será muito mais vantajoso e impactante para a sua empresa a mensagem que deseja passar.

Agora que você viu como uma segmentação de mailing é essencial para o seu negócio, venha conhecer a Unitfour. Nós podemos te ajudar!

 

(11) 3093-2665 – contato@unitfour.com.br

 

Equipe UnitFour, informações certas de um jeito inteligente.

Deixe uma resposta