Varejo tem quedas após alta da inflação.

Segundo pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) as vendas do varejo tiveram uma queda nos últimos meses e já estão em 9,2% abaixo do pico registrado em Novembro de 2014. As causas para a diminuição de vendas pode estar ligada à redução de renda e menor concessão de crédito à empresas e consumidores.

“O reflexo do comércio é o que está acontecendo com o poder de compra. É diferente da indústria, em que a produção está ligada a uma decisão do empresário. No comércio não, é compra mesmo”, avaliou Isabella Nunes, gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE.

Isabella também afirma que a inflação influenciou diretamente o setor de supermercados e combustíveis. Dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) confirmam o aumento de 10% nos preços dos alimentos e 11,1% no dos combustíveis no período de 12 meses até setembro.

A alta do desemprego também afeta o comércio, “O trabalho com carteira assinada traz um pouco mais de segurança para o consumidor”, justificou a gerente do IBGE.

As vendas já acumulam oito meses de queda, as perdas chegaram a 6,8% de fevereiro a setembro segundo o IBGE. É a maior sequência de taxas negativas da série histórica (iniciada em 2000)”, apontou Isabella Nunes.

Conheça mais:

Deixe uma resposta