Bancos privados não disponibilizam mais empréstimos consignados a servidores Federais.

 

A Associação Brasileira de Bancos, cancelou o contrato com a empresa que gerenciava o sistema de gestão de empréstimo (CONSIST),que está sendo investigada na operação Lava Jato.

O cancelamento levou os bancos particulares suspenderem os empréstimos  consignados  para os servidores públicos Federais. Para aqueles que já possuem o empréstimo, não será possível refinanciar a dívida e nem fazer a portabilidade.

Um novo sistema já está sendo desenvolvido pelo próprio governo, por meio do Serpro e Dataprev, disse o Ministério do Planejamento, mas até ser desenvolvido e aprovado 628 mil servidores públicos federais vão ficar sem o consignado.

“Na realidade veio num momento ruim. Se viesse em outro momento já seria ruim.No momento como esse onde existe uma crise econômica é ainda pior”, fala o diretor de Sindicato dos Servidores Públicos Federais, Carlos Henrique Ferreira.

Os bancos públicos  continuam oferecendo o empréstimo consignado para os funcionários públicos, e ainda não se sabe quando os bancos particulares vão voltar a oferecer o serviço.

Conheça mais:

Deixe uma resposta