• Página inicial
  • /
  • INSS
  • /
  • Revisão na expectativa de vida vai mudar valor de novas aposentadorias

Revisão na expectativa de vida vai mudar valor de novas aposentadorias

Os trabalhadores que pedirem aposentadoria por tempo de contribuição à Previdência Social vão receber um benefício um pouco menor – ou terão que trabalhar mais dias para receber o mesmo valor.

Isso acontece porque o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou para cima, nesta segunda-feira (1º), a expectativa de vida do brasileiro. Com isso, o Ministério da Previdência atualizou a tabela do chamado “fator previdenciário”, que é incluído no cálculo dos benefícios.

“Teremos um fator previdenciário menor para as aposentadorias (…), o que implica em uma redução dos benefícios a serem pagos”, diz o advogado especializado em previdência Breno Dias Campos.

Mais alguns meses de trabalho
Por exemplo, um segurado com 55 anos de idade e 35 anos de contribuição que requerer a aposentadoria a partir desta segunda terá que contribuir por mais 79 dias corridos para manter o mesmo valor de benefício se tivesse feito o requerimento no último sábado (29). Um segurado com 60 anos de idade e 35 de contribuição deverá contribuir por mais 94 dias para manter o valor.

Segundo o IBGE, a expectativa de vida ao nascer subiu de 74,6 anos em 2012 para 74,9 no ano passado. Como em outros anos, houve elevação também da expectativa de sobrevida – ou seja, a quantidade de anos a mais de vida estimada para cada faixa etária – para todas as faixas etárias. Em 2012, um aposentado de 60 anos de idade tinha uma sobrevida estimada de 21,6 anos. Em 2013, um segurado com a mesma idade teve uma sobrevida ampliada para 21,8 anos, aproximadamente 2,5 meses a mais.

Como o fator previdenciário leva em conta a expectativa de vida dos brasileiros – quanto maior a expectativa de sobrevida, menor o valor do benefício, já que se espera que o contribuinte vá recebê-lo por mais tempo – a mudança vai reduzir o valor dos benefícios.

O ministério lembra que o fator previdenciário é utilizado somente no cálculo do valor da aposentadoria por tempo de contribuição. Na aposentadoria por invalidez, não há uso dessa fórmula, e, na aposentadoria por idade, ela é utilizada opcionalmente, apenas quando aumentar o valor do benefício.

 

Fonte: g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta